HOSPEDAGEM ENGLISH VERSION

 

"A cachoeira de Santa Maria é linda!"

Para chegar na cidade siga pela BR-070 (via Estrutural). Ao chegar em Cocalzinho (GO), tem-se a opção de pegar 20 km de estrada de terra via Serra dos Pireneus ou seguir no asfalto até Corumbá - 16 km de Pirenópolis. De Goiânia, são 117 km pela GO-080, passando por Anápolis, e pegando a BR - 153 (Belém-Brasília).

Pirenópolis é uma pequena e agradável cidade histórica, fundada em 1727 pelos Bandeirantes. Fica a 150 km de Brasília e a 130 km de Goiânia. Suas atrações são os edifícios históricos de arquitetura colonial, as inúmeras belas cachoeiras e as festas populares tradicionais.

A cidade já se chamou Minas de Nossa Senhora do Rosário de Meia Ponte. "Meia Ponte" porque metade de sua ponte (sobre o Rio das Almas) foi levada por uma enchente. Passou a se chamar Pirenópolis em 1890, por estar entre duas grandes elevações que formam a Serra dos Pireneus. Aliás, outro ponto turístico é justamente o pico central dos Pireneus, com 1.385 metros de altura, e que fica a apenas 18 quilômetros.

"A cidade é muito bonita."

Em Pirenópolis, o turista tem chance de conhecer pelo menos sete cachoeiras, de pequeno e grande porte - todas próximas. Dentre as opções, a Cachoeira do Abade impressiona pela força das águas. São 21 m de queda livre em um antigo garimpo, demolido por estar poluindo a água consumida pelos moradores. Mesmo não sendo a mais frequentada, está a 11km da cidade na mesma Estrada dos Pirineus.

Entre os edifícios coloniais destacam-se a Igreja da Matriz Nossa Senhora do Rosário, a mais antiga do estado de Goiás, construída entre 1728 e 1732.

Outros edifícios históricos, além da Igreja Matriz, incluem a Igreja do Nosso Senhor do Bonfim, de 1750; a Igreja e Museu Nossa Senhora do Carmo; o Teatro Pirenópolis, de 1899; a Casa da Rua Direita, de 1852; e a Fazenda Babilônia, com um belo casarão colonial.

"Ah moleque!"


Reserva Ecológica Vargem Grande - Localizada a 11km da cidade, na reserva ficam duas grandes cachoeiras, a do Lázaro e a de Santa Maria. Ela está na Fazenda do Lázaro na região da Serra dos Pireneus. Estas cachoeiras são imperdíveis.

Fazenda Bonsucesso - Situada a cinco quilômetros do centro da cidade, é uma das mais antigas da região. Por ser a mais próxima, é indicada para quem não tem muito tempo disponível. Dentro de sua área, há seis cachoeiras em seqüência e as mais visitadas, que formam gostosas piscinas, são a Aladim, a Tamboril e a Azul. Para se chegar ao topo desta última, que está a 1500m de caminhada, deve-se ter bom condicionamento físico; além disso, a subida é por meio de uma escada de pedras irregulares.  Para quem pratica rapel, deve-se ir à cachoeira Bonsucesso, que tem 12m de queda. Foram os escravos, durante o ciclo do ouro, que construíram parte da trilha que leva até as cachoeiras.

Santuário de Vida Silvestre Vaga Fogo - Localizado a 6km da cidade, seu acesso é feito pelo bairro do Carmo, com placas indicativas. Situado em meio ao cerrado e da mata galeria, margeia o Ribeirão Vaga Fogo, que é considerado uma dos mais belos da região, com uma paisagem de rara beleza que abriga uma grande variedade de pássaros e animais silvestres. Há um centro de visitantes, onde existem vídeos informativos e publicações sobre meio ambiente e preservação.

Cachoeira do Abade - situada na fazenda Cabaçais, a 12km da cidade. Com uma queda livre de 21m, próxima às Minas do Abade, é possível se ter uma vista calmante para os olhos. Há camping e hospedagem rústica. O acesso é feito pela estrada dos pireneus, com placas indicativas.

"A cidade tem este nome por causa da Serra dos Pireneus."

Cachoeiras Meia Lua e Fumaça - ficam localizadas na Fazenda Meia Lua, a 6km da cidade, aos pés da serra dos Pireneus. O acesso é feito pela estrada dos Pireneus e, para visitação, deve-se procurar o camping Sombra da Mata, que fica nas pedreiras.

Serra dos Pireneus - Fica situada a 20km da cidade. São 3 picos, estando o mais alto a 1385m de altitude, e em sue pico existe uma pequena capela. No período da lua cheia no mês de julho é realizada a Festa do Morro.

Morro Cabeludo
- O morro está situado a 20km da cidade, ao lado dos picos da Serra dos Pireneus.

Cachoeira Usina Velha
- Localizada a 3km da cidade, é o local onde funcionava a antiga usina de fornecimento de energia. Seu aceso é feito pela estrada dos pireneus.

Pedreiras - É considerado um ótimo local para caminhadas, e é também onde ocorre a extração de pedras de Pirenópolis. Para se chegar às Pedreiras, deve-se pegar a estrada dos pireneus.

"Cachoeiras com praia são constantes por aqui."

Lavras dos Bandeirantes - Situada próxima às Pedreiras, é o local onde, em meados do século XVII, era desviado o rio das almas para o garimpo de ouro. Seu acesso é feito pela estrada dos pireneus.

Cachoeiras do Bonsucesso - Localizadas a 5km da cidade, o acesso é feito pelo bairro do Carmo, com placas indicativas, não há como se perder.

Morro do Frota - É o local ideal para caminhadas. No alto do morro, tem-se uma linda vista de toda a cidade. Para se chegar a ele, deve-se seguir por estrada de chão pelo bairro do Carmo.

Fazenda Babilônia - Localizada a 26km de Pirenópolis, é uma das mais antigas do estado de Goiás, e foi antigamente um importante engenho de cana de açúcar, com um belíssimo casarão colonial

 

Dicas de GUSTAVO VIVACQUA

1.Pirenópolis é tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional.  É uma cidade histórica muito bonita e preservada.

2.Dentre as festas populares, destaca-se a Festa do Divino Espírito Santo, que acontece 45 dias após a Semana Santa. A festa, com suas cavalhadas, é considerada uma das maiores atrações folclóricas da América do Sul. Há também a Romaria à Serra dos Pireneus, na 1ª semana de julho.

3.As cachoeiras, em número de mais de vinte, localizam-se num raio de 15 km da cidade.

4.Duas cachoeiras são imperdíveis : a do Lázaro e a de Santa Maria (também conhecida como Cachoeira do Inferno), ambas localizadas na Reserva Ecológica Vargem Grande.

5.O Santuário Vaga Fogo, a 6 km da cidade, é um local que abriga grande variedade de pássaros e animais silvestres. Vale a pena ser visitado.

6."Ao visitar Pirenópolis não deixem de conhecer a carne de sol  do Restaurante Ô Xente Uai. É uma delícia!"dica de Marcelo Borges Goiânia-GO

7."As cachoeiras da Fazenda Bom Sucesso são atrações imperdíveis. Além de ficarem próximas ao centro de Pirinópolis, o acesso é barato (Em torno de R$ 6,00) e fácil, pois em 1,5Km dá pra conhecer 6 cachus!
Outra que vale a pena é a cachoeira do Abade, que fica na estrada pro Parque dos Pirineus. Ela é uma das mais altas da região e é possível fazer rapel nela.O município é lindíssimo. " dica de Odete

8."A CACHOEIRA DE N. SRA. DO ROSARIO TAMBEM É MARAVILHOSA...VENHAM NOS VISITAR E CONFIRMAR A NOSSA DICA .WWW.CACHOEIRADOROSARIO.PIRENOPOLIS.TUR.BR ATENCIOSAMENTE"dica de JACK

9."Cuidado! Nao almoce na cachoeira do Rosário. Eles cobram o almoço de manha na entrada, e nao devolvem o dinheiro se voce desistir de almoçar. tem um quiosque com pouquisimas mesas para uma multidão, tem que comer sentado no chão, comida ruim, cara, comemos (obrigados, por nao devolverem o dinheiro) e passamos mal ate no outro dia. "dica de Ceci Romero Rodrigues

10.TEM UM QUIOSQUE VERMELHO NO CENTRO DE PIRI,NA VA LA... HA NAO SER QUE QUEIRA SER DISCRIMINADO PELO DONO, QUE ATENDE PESSIMAMENTE MAU. NAO GOSTAM DE TURISTAS E GENERALIZA A TODOS DE FORA. DEVE SER POR ISSO QUE NAO TEM NOME. VAI UMA SUJESTAO , QUIOQUE DA DISCORDIA...cesar nardelli

 

`

CLIQUE AQUI para enviar a sua dica.

VEJA AQUI OUTROS DESTINOS