"O famoso pico."

O Pico das Agulhas Negras está localizado a 2.787 metros de altitude e dentro do parque Nacional de Itatiaia. A   caminhada até o Pico saindo de Maromba (Visconde de Mauá) é uma aventura de no mínimo dois dias. 

"O visual aqui é muito diferente..."

"Se prepare para longas caminhadas."

Quem se habilitar , precisa estar bem preparado fisicamente , equipado e acompanhado com um bom guia. Comida , água, cordas e agasalho são primordiais . A melhor época para fazer este passeio é no inverno , quando chove menos .

"Só visual maneiro..."

Quem não estiver a fim de andar muito para chegar lá em cima , é possível ir de carro até o interior do parque. A estrada é muito ruim , mas carros baixos conseguem ultrapassar a maior parte do caminho.

 

Existem algumas poucas pousadas próximas à entrada do parque , porém existem muitas em Itatiaia que é perto. Quem gosta de andar pode ir andando do Parque Nacional de Itatiaia."

Esse pico é playground de alpinistas, rapeleiros e andarilhos. A galera do off-road e motocross também faz a festa.

 

"Nas Prateleiras se tem o melhor visual"

LOCALIZAÇÃO - Está na estrada entre Engenheiro Passos (Resende) e Itamonte, na Serra da Mantiqueira no 0Km.

PREPARAÇÃO - Levar muitas roupas de frio pois a temperatura pode chegar abaixo de 0° C. A barraca deve ser isolante térmica de preferência.

 

Dicas de GUSTAVO VIVACQUA

1.Leve casacos , lá é muito frio.

2.Não se meta nas trilhas sozinho , há vários casos de neguinho perdido nessa região.

3.A estrada para chegar no parque é muito ruim , mas dá pra chegar.

4.É possível fazer acampamento selvagem próximo ao parque florestal.

5.Leve lanterna.

6."Fiquei sabendo qualé do cata-jeca que faz o trajeto de Resende parando na Garganta do Registro, até Caxambu. Se algum chegado te perguntar vc responde o seguinte: a Viação Cidade do Aço faz a linha Resende com destino a Caxambú nos dias e horários abaixo:
09:00 - somente aos sábados
10:55 - diariamente
18:30 - somente 6ª feira
23:00 - exceto aos sábados
O preço da bagaça é de R$6,80." dica de João Pires

7."Além do Pico das Agulhas Negras, uma subida de 4 horas bem cansativa, o Parque Nacional do Itatiaia conta com muitas outras trilhas desconhecidas, algumas de nível bem fácil (mas a maioria leva no mínimo 5 horas de ida e volta). Por exemplo: cachoeira do Aiuruoca, Pedra do Altar, Travessia da Serra Negra, entre outras. " dica  de Juliana - SP

8."O Pico fica na parte alta do parque nacional de Itatiaia,.para subir você precisa de pelo menos equipamentos básicos para uma escalada pois há trechos íngremes que necessitam de corda, além do mais é necessário fazer uma tirolesa se você quiser escrever o seu nome no livro lá em cima do pico. Vale a pena. O lugar é maravilhoso. Nunca suba depois do meio dia pois até voltar pode ficar tarde e o tempo pode fechar com você lá em cima dificultando muito a descida." dica de Paty Greve

9."Não deixe de fazer um rapel nas Prateleiras. É muito irado!!" dica de André Curran - SP

10."Estive em julho, é muito bonito mesmo!!! Porém, o pessoal daqui da região costuma dizer que é um pico "que dá prá qualquer um ir", mas é leviano falar isto. Tem um grau de dificuldade alto em vários trechos e até põe em risco a vida dos despreparados. Acidentes (fatais ou não) não acontecem por pura sorte e esforço de quem está lá no sufoco. Para ir, tem que estar com preparo físico e acompanhado por pessoas experientes. Além disto é necessário ter preparação psicológica para encarar desafios e a vertigem das alturas. Presenciei pessoas "em puro pânico" no meio da subida, não querendo nem voltar nem continuar, atrapalhando quem estava a fim. A outra importante é : suba o mais cedo possível para não descer no escuro, para quem vai pela primeira vez, são 4 horas pra subir e 3 para descer !!! Levem em consideração estas dicas se quiserem voltar de lá com boas recordações."dica de Kleber Rocha / Passa Quatro/MG

11." Saudações, Nunca fui às Agulhas Negras, mas como é um lugar muito frio e que demanda muita energia para chegar, levar umas barras de chocolate ajuda muito. Parabéns pela iniciativa. Um abraço," dica de Paulo Carvalho

12."Bom, depois do incêndio causado por um garoto de 17 anos em julho de2001, o parque ficou fechado por 6 meses antes de reabrir totalmente suas portas e algumas modificações foram feitas, pois agora o camping selvagem no terreno do IBAMA próximo ao parque não é mais permitido, sendo assim os acampantes obrigados a acampar nas dependências do Hotel Alsene que fica ao lado desse terreno interditado. É uma pena, pois no terreno do IBAMA tinha uma ótima infra-estrutura para os padrões de camping selvagem pois era grande e com um rio que cruzava o terreno. E também passou a ser necessário um cadastro na portaria do parque indicando um responsável por um grupo de no max. 10 pessoas." dica de Estevan Stracke

13."Estive lá em cima há dois dias e é fantástico. Realmente , para quem tem medo de altura é muito difícil. Quanto a assinar o livro, a tirolesa não é necessária, pode ser substituída, como eu fiz, por um pequeno rapel e uma escalada meio perigosa. De qualquer forma, cuidado com o vento lá em cima que pode desequilibrar na rajadas quando menos se espera. Mais "irada" foi a experiência no hotel Alsene: R$140,00/ dia para um casal com pouca ou nenhuma água quente e serviço de terceira ( quando voltamos da escalada, loucos por um banho quente, haviam esquecido de ligar os aquecedores, resultado: banho frio em pleno inverno à 2400m, isto é a falta de concorrência)" dica de Fernando

14."E aí galera.......  Esse lugar é fantástico. Mas leve agasalho é mega frio. O visual é 10000. Tudo de bom!!!! Mas, aconselho estar acompanhado de guia da região. Uma dica? Ceceu. Lá todos o conhecem. Ele é fera.  Se não tiver disposto a conquistar o pico. Vá ao menos as prateleiras. Que já vai valer a pena, ok? Beijos lanuza madruga de volta redonda Eu adoro este site. Faço parte de um programa do sbt chamado câmera em ação. Viajo muito. E só conheço lugares bacanas.... Por isso depois que conheci este site, quis registar os lugares que passei. Vou aproveitar para fazer uma propaganda, ok?O programa câmera em ação é exibido em todo o estado do rj. Mas, nossas matérias são realizadas nos estados de mg, rj, sp. Transmitido toda sexta 12:30 sbt. Não percam, tá...." dica de Lanuza Madruga

15."Gostaria de registrar minha dica, estive no Parque Nacional de Itatiaia no Carnaval, na entrada da Dutra, para quem vem de SP logo após o pedágio de Itatiaia. O local é maravilhoso, mata nativa e aves e borboletas de diversas espécies, fora os macacos que fazem o maior escândalo, as cachoeiras são o máximo, em todo o percurso há uma, e mais bonita que a outra. Fizemos a trilha dos Três Picos, que dá visão do Pico da Agulhas Negras e o Vale do Paraíba, é super emocionante. Mas levar cantil para pegar água, pois demora mais ou menos 4 horas para chegar até o pico, e não esquecer de levar algo para comer, pois o desgaste é muito grande. A trilha é de difícil acesso, muito abandonada, cheia de mato. Ao chegar na cachoeira do Rio Bonito, não atravessar o tronco que dá acesso ao outro lado da trilha, esse é o meio mais complicado e perigoso de continuar a trilha, por trás da cachoeira há uma trilha fácil e sem riscos. No verão chove muito e a incidência de raios também é muito grande. Mas o passeio vale a pena, dá para ver o vale do Paraíba inteiro e o Pico das Agulhas Negras fica bem pertinho, a emoção é tamanha!!!!! "dica de Simone Roca - SP

16."Oi , meu nome é Sabrina e eu sou chegadissima no teu site, Adooooro Itatiaia, já fiz duas aventuras maravilhosas por lá, a dica é, leve protetor solar e boné, o sol de dia é de rachar, procure descansar a noite (observar o céu diante de uma foguerinha é a melhor pedida) pois as caminhas são punks. Use calçados apropriados pois se torce muito o pé nas caminhadas e trekings. Muuuuuito carboidrato, glicose e proteína pra dar gás. Vale a pena o acampamento selvagens, a galera é animal, mas não inventem, como a minha galera, de subir a galinha e a pedrado índio de madrugada, baixa uma névoa que te cega. Valeu pra galera do Viagens Maneiras, parabéns pra todos pelo trampo e pela raça do cão. " dica de Sabrina da Cunha Mmarques

17."Pra quem curte montanhismo é um prato cheio....a dica é registrar tudo, pois o lugar que é muito lindo. Detalhe: o mais importante é não esquecer o filme no carro dos outros, qdo fui no começo de Junho, 4 rapazes pegaram carona comigo e deixaram cair no meu carro, caso alguém se identifique com essa situação favor entrar em contato comigo pois o filme já foi revelado...." dica de Jung Chung - SP (11) 3331-1228.

18."Olá. Estive em agulhas em 1997. Era julho, e o frio estava de rachar. Fomos em um grupo de 16 pessoas experientes, sendo 6 meninas que atrasaram a nossa saída. Acampamos no selvagem, estava marcando em meu termômetro no pé do acampamento -6 graus dentro da barraca. Mesmo com uma bota para neve e jornal dentro, meus pés congelavam. Impossível de se dormir. Acordamos bem cedo, mas as meninas enrolaram e saímos do pé 12:30 . ( É froids).  Resultado, perdi minha canon antiga em uma rocha com penhasco, com um monte de fotos batidas e filme, e eu vi o por do sol lá de cima, sendo o por do sol da morte!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Eu sabia que nós tínhamos poucas chances de voltar, pois eu estava com uma camiseta só, e toda galera sem agasalhos, , somente 1 lanterna e uma corda de 80m. Eu não sentia mais minhas mãos, meu nariz e minha orelha. Nos demos conta que estávamos perdidos no meio das rochas as 21:00 da noite, ventando muito -10 graus com impressão no vento de -40.Comecei a delirar e ficar com sono, mas a galera estava a fim de viver, e o desespero era os penhascos que não envergávamos, então encontramos 2 alpinistas também perdidos no caminho. Eu achava que era o fim, e comecei a me arrepender de todos meu pecados. Mais ou menos 3:00 da manhã, achamos um (p) ou (chapeleta) fincado em uma rocha, foi a salvação, achamos o caminho de volta, o problema é que não sabíamos se a corda dava o tamanho certo até o fim da rocha, mas deu certo, e lá em baixo já tinha lama e mato, onde poderíamos nos aquecer um mínimo. Continuamos a caminhada, e lá no horizonte enxergamos 3 holofotes apontados para o pico , onde seguimos em direção a ele e chegamos então as 4:30 . Ficamos 9:00 completamente perdidos lutando pela sobrevivência. Experiência própria, subam pela manhã, e não queiram ver o morrer do sol lá de cima." dica de Carlos Augusto Gandara Carotta

19."A dica é rápida é fácil. Não deixem de escalaminhar o Pico das Agulhas Negras . Só subindo pra saber qual é a sensação de estar lá me cima, não se esquecendo de subir com um bom guia."dica Felipe -de Cruzeiro /SP

20."Pessoal da aventura, aqui vai uma dica: jamais acreditem que fazer uma caminhalada no Pico das Agulhas Negras é facinho! Tem que ter preparo físico e muita coragem! Levar uma roupa de Thermodry, porque o que a gente sua não está no mapa, e, o suor tem que ficar fora da camiseta. Outra coisa:confie sempre no que seu guia determinar. Não invente! O visual é lindo e a gente fica empolgado, correndo risco de morte, porque lá em cima é um conjunto de fatores que leva cada excursionista a revelar seu lado aventureiro e daí...Cuidado não faz mal a ninguém! No mais, uma barra de chocolate refeição e muita adrenalina.Vou lá desde 1971! É o lugar mais incrível que eu conheço. Abraços na galera!" dica de  Francisco Fassano

21."Alguns depoimentos são chocantes como o de numero 18,que papo é esse de ficar para ver o por do sol lá do alto sem agasalho ,com uma lanterna....?É um espetáculo maravilhoso porem pode acabar muito mal .Eu estava lá guiando um grupo nessa época e vimos um bando de adolescentes que ficou perdido na descida do Pico,berrando por socorro. Frequento o Parque desde 1987 e fui pela 25º vez esse ano,durante esse tempo vi muita coisa de arrepiar os cabelos(e não é pelo frio).A moçada chega e vai entrando no Parque sem nenhum equipo ,sem conhecer o local e acabam tendo que ser resgatados ,com hipotermia,em choque ,com fome ,sede....É obvio que para ir à Itatiaia é necessário um mínimo de bom senso e equipamentos:Lanternas com pilhas e lâmpada extras,Anorak ou Parka impermeáveis,Fleece,cantil ou Camelbak,primeiros socorros,alimentos energéticos alem de um bom lanche,botas(tenis não servem)de trekking,uma boa mochila ,protetor solar(pois o sol pega pra valer ,lembre-se que estarão a pelo menos 2.000 m e é exatamente isso que se tem a menos de proteção da atmosfera),boné ou chapéu e é claro SAIR CEDO e voltar até às 17:00 na guarita,TRAGA O LIXO DE VOLTA,NÃO ACENDA FOGUEIRAS,NÃO SAIA DA TRILHA,NÃO CORTE CAMINHOS(mínimo impacto),RESPEITE FAUNA E FLORA LOCAL,NÃO FAÇA AS NECESSIDADES NA TRILHA,NÃO FIQUE DANDO BERROS,NÃO SAIA EM GRUPOS GRANDES(provoca atrasos),CONTRATE UM GUIA LOCAL (se não conhece o lugar). A subida até AGULHAS NEGRAS é fácil ,um mínimo de preparo físico é suficiente aliado ao que já citei acima,já levei criança de 8 e dois senhores de 70 anos ao topo. Mas o melhor visual é das Prateleiras e de um outro "ponto" (de acesso restrito) e o Parque tem outras atrações:ALTAR,CACHOEIRA DO AIURUOCA,PEDRA DO SINO DE ITATIAIA,MAÇA,TARTARUGA,PEDRA FURADA,COUTO,VALE DA PAZ,ETC. Curtam o Parque sem transformar a sua aventura e a dos outros em uma ROUBADA." dica de Nilton

22."Oi pessoal: eu estive em agulhas a primeira vê em 1975. Aquilo sim è que era camping! pegamos numa noite -11 graus!!! Na barraca congelou tudo. Mas a aventura foi escalar o pico. Alguns do nosso grupo ( éramos 7) realmente não sabiam se continuar ou voltar. Haviam na região uns cães selvagens que vinham de noite revistar as panelas para ver se haviam sobras. Foi uma aventura que marcou os meus 15 anos. Hoje quando vou fazer escaladas tenho à minha frente os alpes pois moro na Italia. Todavia, apesar da beleza destes lugares, Agulhas ficou na memória e na saudade. Um abraço." dica de Mazzucco Claudio

 

`

CLIQUE AQUI para enviar a sua dica.

VEJA AQUI OUTROS DESTINOS